Maria

de Regino

Perguntas Frequentes

O que fez você querer ser escritora?

Ser escritora nunca foi minha primeira opção. Ainda mais que , na escola, eu nunca fui muito boa em Português. Em criança, queria ser cientista e inventar super máquinas, depois quis ser desenhista. O desenho foi minha primeira opção profissional. Quase fui estudar agronomia, que era outra paixão, mas acabei gostando mesmo de desenho e acabei desenhando jardins, pintando quadros e projetando cenários e figurinos para o teatro. O contato com o palco me levou a escrever as primeiras peças teatrais e os prêmios recebidos me deram a confiança necessária para escrever minha primeira novela juvenil: Depois do Caos.

Quais são as suas fontes de inspiração?

García Lorca dizia que a poesia é algo que, quando você está caminhando distraído, pula na sua frente, com os braços em cruz. A poesia, inesperadamente, se revela. Meus livros surgem de imagens inesperadas, que ao saltarem na minha frente, não apenas se revelam, mas passam a me perseguir. Elas me acenam alegremente em uma notícia de jornal, na fala de alguma personagem de romance ou filme, na frase de uma canção, em uma fotografia, em um sonho… É em torno dessas imagens que a história vai sendo construída, pouco a pouco. Em Vento Norte, a imagem inicial foi a do espantalho com mãos enormes; em Menino Passarinho, a imagem foi a do menino miúdo, piando feito um pássaro, que vi na tevê; em Três luas de verão, a imagem foi a da figueira imensa, poderosa e parcialmente queimada. Tudo começa com uma imagem poderosa, que serve de suporte para que a história seja tecida.  

Quais os seus autores preferidos?

Sou apaixonada por literatura clássica, dramaturgia e ficção científica.  Homero, Ésquilo, Sófocles e Eurípedes. Dante Alighieri, Shakespeare, Cervantes. Jane Austen, Edgar Allan Poe e Irmãos Grimm. Em ficção científica os meus preferidos são: Ray Bradbury, Úrsula Le Guin e Isaac Asimov.

Que tipo de livro você mais gosta de escrever?

Novelas que tenham algum toque de fantástico, ou insólito. Acredito que a realidade nos esconde muito mais do que nos mostra.

O que você recomenda para quem quer ser um escritor?

Olhar o mundo com atenção e ler muito. Ouvir o que as pessoas dizem e ler muito. Prestar atenção nos sonhos e ler muito. Escrever todos os dias, mesmo que sejam poucas linhas, e ler muito, ler muito, ler muito.

Que livro você mais gostou de escrever?

O Planeta Eros e Três luas de verão me deram momentos preciosos e inesquecíveis.

Quer saber mais?

Envie uma mensagem

Entre em contato caso queira mais informações da produção da escritora Maria de Regino